O habito de falar mal do marido l Não exponha sua vida!

Casamento industrial l É seu estilo?
14 de maio de 2018
Como economizar com o buquê das Damas
14 de maio de 2018

O habito de falar mal do marido l Não exponha sua vida!

Olá noivinhas, tudo bem?Hoje o assunto é para você que está prestes a casar, ou recém-casada. O papo é de amiga, mas o assunto é sério. rsTalvez você vá ler isso e não vai se identificar e isso é ótimo! De verdade rsMas talvez você leia e sinta que "você nem é tão ruim assim" rsrs. Mas essa é hora de parar e pensar e às vezes até repensar nossas atitudes como esposa. Aproveita que é só você que está lendo isso, não tem nenhum "braço à torcer" no momento, é só você aqui, até eu não vou saber de

Olá noivinhas, tudo bem?
Hoje o assunto é para você que está prestes a casar, ou recém-casada. O papo é de amiga, mas o assunto é sério. rs
Talvez você vá ler isso e não vai se identificar e isso é ótimo! De verdade rs
Mas talvez você leia e sinta que "você nem é tão ruim assim" rsrs. Mas essa é hora de parar e pensar e às vezes até repensar nossas atitudes como esposa. Aproveita que é só você que está lendo isso, não tem nenhum "braço à torcer" no momento, é só você aqui, até eu não vou saber de nada ok? rs
No século que vivemos com todo esse movimento feminista nos somos quase "treinadas para matar" rs. Brincadeiras a parte, mas a realidade é que quando nos casamos nós já entramos no casamento com a mente de que "não posso deixar ele mandar em mim", "vou mudar tudo isso nele", "aí dele, se não me ajudar a arrumar a casa", "não sou empregada de ninguém", entre outras frases que você e eu já cansamos de falar.
E eu vou ser sincera que concordo com boa parte delas, afinal de contas nós trabalhamos no mesmo horário então por que as tarefas em casa não podem ser divididas? Elas devem!
Mas isso é uma coisa que deve ser conversada e resolvida em casa. E se você sentir necessidade!
Eu tenho uma amiga que limpa a casa e faz comida sempre sozinha.
No começo eu ficava indignada, achava um absurdo o marido não ajudar em nada, sendo que ela trabalha, assim com ele e ainda tinha todo esse trabalho extra. Que você que já casou sabe que não é nada leve!
Eu não entendia o porquê dela "permitir" isso…
Até que um dia, quando estávamos conversando com outras pessoas sobre maridos que ajudam ou não ajuda e ela falou: "Mas gente, pensa comigo: Eu amo limpar a casa, amo deixar minha casa organizada, amo cozinhar e testar receitas novas. Todas as vezes que meu marido tentou ajudar eu não me sentia bem, pois ele não fazia do meu jeito, e eu gosto de tudo do meu jeito, então por que eu devo forçar ele a fazer uma coisa que ele não quer e ainda me estressar? Eu vou lá faço sozinha, faço rápido fica tudo perfeito, se ele ajudasse eu ia ter que refazer e ainda íamos brigar!"
Eu confesso que demorei em aceitar "essa conversa" por que como já comentei, eu achava um absurdo a ideia de fazer tudo sozinha.
Mas depois eu pensei comigo mesma:
Mas gente, se eu não gosto de fazer sozinha, ok o Fabio me ajuda, mas se ela gosta qual o problema? Como ela mesma falou, ele não seria de muito ajuda e sim de estresse.
Essa é a questão sabe, você deve fazer o que se sente melhor e o que vê que fluem melhor na sua casa, cada marido é de um jeito e nós devemos tentar interpretar o jeito do nosso marido.
———————-
No começo do meu casamento eu cortava o Fabio em tudo. Se nós dois estávamos com fome e ele pedia para eu fazer alguma coisa eu logo soltava um "faz você, tem mão para que?" haha. E isso não era só na comida.
Até que um dia discutimos por causa disso, ele estava chateado, pois eu nunca fazia nada para ele, apenas dividia as tarefas da casa e depois era "cada um por si".
Eu entendi que eu estava exagerando, que eu mais queria manter a posa de "Esposa durona" do que manter meu casamento feliz.
Hoje nós combinamos que ele faz a comida aos sábados e eu no domingo. Mas e se ele chegar em uma sábado e pedir para eu fazer , por que não? Assim com pode chegar em um domingo e eu vou estar ocupada ou não vou estar sem vontade mesmo e ele vai fazer.
E isso abre as portas para tanta coisa sabe!?
Você para de brigar por causa de coisas pequenas e começa a ter um convívio melhor, por que você se preocupa mais com a parceria do casal do que a necessidade de mandar.
———–
Outra coisa que eu sinto muita a necessidade de conversar com vocês é sobre Falar mal do marido para outras pessoas. Eu vejo isso acontecendo muito…
Primeiramente acho que devemos definir o "falar mal"…
As veze estamos em grupo de amigos e para gerar uma conversa e até um momento de "descontração" as meninas tem o habito de "reclamar" que marido é tudo igual, que deixam toalha jogada, que fazem as coisas erradas e os homens entram na brincadeira e vão logo dizendo que mulher também é tudo igual.
E isso pode ser sim legal, é uma brincadeira e nós, recém-casadas amamos fazer isso, conversar sobre maridos e casamentos.
E quando isso acontece de uma forma saudável , tudo bem o problema é quando a esposa, e eu digo esposa por que é sim a MAIORIA". A esposa tem mania de exagerar, ela não se contenta em falar da toalha, ela já tem que expor aquele detalhe constrangedor e devemos entender: Se foi uma coisa que aconteceu e foi muito pessoal o seu marido vai odiar que você exponha!
Outra coisa que eles detestam é quando mexe com o orgulho deles sabe. Falar que a cueca ou a bermuda que ele usa é furada , tudo bem, ele vai rir junto, agora nunca e jamais chame seu marido de "banana", "fracote" nunca diga coisas do tipo "meu, tive que fazer isso e isso em casa por que meu marido não deu conta", isso mexe com o orgulho dele e todo homem tem, e você também! Ninguém gosta disso. Mas fere muito mais os homens.
Entenda;
Se você está com algum problema ou desconforto em casa, primeiramente saiba que isso é super normal para quem mora anos juntos, imagina para quem é recém casado e está descobrindo várias coisas novas.
Se você sente a necessidade de conversar com alguém, converse primeiramente com seu marido, depois da raiva, chegue e converse com calma. Mas nada te proíbe de desabafar com sua amiga, mãe ou irmã… Você e eu sabemos que tem coisas que não devem ser compartilhadas, mas se você está passando por uma fase chata, conversar e pedir conselho pode ser uma boa ajuda.
Mas nunca coloque seus problemas literalmente na mesa, nunca fale para que todos ouçam sobre seu marido.
Eu fico penando que se fosse meu marido eu ia odiar e ficar super ofendida, imagino que você também!
Enfim meninas eu espero que esse texto tenha te ajudado, eu erro muito e tenho muita coisa para melhorar, mas foi o "saber receber conselhos" que me ajuda sempre a melhorar.
Um beijo e até a próxima dica,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buy now

Receba dicas para seu grande dia!